Arquivos do Blog

Luana Camarah: Highway To Hell (tradução) – letra e vídeo

audicao_2_tv_1-5865

AUTOESTRADA PARA O INFERNO

Vivendo fácil, vivendo livre

Um bilhete para a temporada em uma rua de mão única

Sem pedir nada, me deixe em paz

Pegando tudo em meu caminho

Não preciso de razão, não preciso de rima

Não tem nada que eu prefira fazer

Descendo, hora da festa

Meus amigos vão estar lá também

 

Estou na auto-estrada para o inferno

 

Sem sinais de “pare”, sem limites de velocidade

Ninguém vai me fazer reduzir a velocidade

Ei mamãe, olhe para mim

Estou no meu caminho para a terra prometida

 

Estou na auto-estrada para o inferno

auto-estrada para o inferno

Estou na auto-estrada para o inferno

auto-estrada para o inferno

botao_assistir_video

Luana Camarah: Highway To Hell – letra e vídeo

audicao_2_tv_1-5865

Living easy, livin’ free
Season ticket, on a one,way ride
Asking nothing, leave me be
Taking everything in my stride
Don’t need reason, don’t need rhyme
Ain’t nothing I would rather do
Going down, party time
My friends are gonna be there too

I’m on the highway to hell
Highway to hell
On the highway to hell
I’m on the Highway to hell

No stop signs, speedin’ limit
Nobody’s gonna slow me down
Hey Mama! Look at me
I’m on my way to the promise land.

I’m on the highway to hell
highway to hell
I’m on the highway to hell
Highway to hell

botao_assistir_video

Luana Camarah promete defender o rock ‘n’ roll no The Voice Brasil

audicao_2_tv_1-5865

A paulista Luana Camarah, de 25 anos, chega arrepiando no The Voice Brasil. Depois de cantar “Highway to Hell”, do AC/DC, e ver todas as cadeiras viradas para o palco, a rockeira escolhe Lulu Santos e avisa: “Eu vou defender o rock ‘n’ roll no The Voice”.

A música começou cedo para Luana. E em um berço bem eclético. A mãe e o irmão são cantores gospel e o pai, sambista. Fã de tatuagens e do rock, a cantora logo se destacou. “Eu fui a ovelha negra da família, né? Imagina uma criança de 12 anos fazendo tatuagem, começando a cantar rock…”, conta. O irmão comenta sobre o estilo da participante: “Para mim ela parecia um camaleão. Cada vez que ela ia para a cidade, ela voltava de um jeito, né? Teve uma vez que raspou a cabeça. Eu falei: ‘Você é louca’”.

Luana tem sua defesa. “De todos os estilos de música, o que eu mais gosto, o meu preferido, é o rock ‘n’ roll. Sempre gostei muito de tatuagem. Acho que o artista tem que ter atitude. A gente está aqui defendendo isso”, opina.

A cantora tem uma banda autoral de rock há 8 anos, com 3 discos lançados. “Cantar faz eu me sentir a melhor pessoa do mundo”, derrete-se a rockeira. E a emoção continua ao receber a confirmação de que estava na segunda temporada do programa. “Vocês não têm noção do quanto isso significa na minha vida. É um sentimento de dever cumprido. O rock está vivo. The Voice: estou chegando!”, completa

#TheVoiceBrasil: Luana Camarah canta rock e empolga técnicos e plateia

luana_camarah

Tatuagens, piercings e faixa na cabeça compõem o visual da roqueira Luana Camarah, que sobe ao palco do The Voice Brasil para cantar “Highway to Hell”, grande sucesso do grupo australiano AC/DC. O rock da paulista empolga a plateia e os técnicos do The Voice Brasil. Lulu Santos, Carlinhos Brown, Claudia Leitte e Daniel apertam o botão vermelho e viram suas cadeiras para a participante.

Natural de Taubaté, São Paulo, Luana faz com que os técnicos acompanhem sua Audição de pé. Ao fim de sua apresentação, todos batem palmas para a cantora. “Luana Camarah é nome de estrela’, diz Lulu. Brown aproveita o sobrenome de Luana para cantar trechos de uma música de capoeira terminados com “camará”. “Não poderia deixar de virar. Seria uma falta de percepção”.

Após Lulu entrar na brincadeira da capoeira, Claudia Leitte diz estar com ciúmes. “Vocês estão muito amiguinhos nessa temporada”. Todos riem e perguntam com quem Luana Camarah quer ficar. “Vou em você, Lulu”, diz a paulista.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 13.073 outros seguidores